quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

O rabo triste do gato

Os olhos do gato eram tristes e o rabo se mechia com uma melancolia de partir o coracão. Rasgava um saco de lixo e comia o que podia, aproximava-se dos hóspedes e sem falar suplicava um resto de comida ou um osso para a moda do cão devorar para por alguma caloria em suas entranhas. O gato da praia suplicava em meio a fartura. Me solidarizei com ele, com seu rabo e olhos tristes.