quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

O namoro na praia

Elas não podiam ir a lugar algum. Estavam presas pela raiz. Sendo assim tudo o que podiam fazer era viver da melhor maneira aquele momento. Aproveitaram o vento que soprava forte vindo do mar para se encostarem uma na outra. Balançavam e  esfregava suas carnes perecíveis aproveitando - se do balanço do vento. Debaixo do sol o amor dos amantes era plácido.